domingo, 24 de março de 2013

O JULGAMENTO DO DIABO

Nota 3,0 Escritor faz pacto com o Diabo pelo sucesso, se dá mal e você já conhece essa história

Sinopse: Jabez Stone (Alec Baldwin) é um homem azarado em vários aspectos de sua vida, incluindo a frustração de não ser um escritor de sucesso. Desesperado, ele acaba fazendo um acordo simplesmente com o Diabo (Jennifer Love Hewiit) em pessoa. O trato prevê que Stone cederá sua alma em troca da realização de seu grande desejo: tornar-se um conceituado autor de best-sellers, ainda que eles fossem de conteúdo de qualidade questionável. Assim, durante anos ele teve tudo aquilo que um homem de sucesso pode atrair. Porém, quando a fama, a riqueza e o assédio das mulheres começam a dar sinais de escassez, Jabez lembra que está chegando sua hora de cumprir sua parte no acordo e então decide procurar a ajuda de Daniel Webster (Anthony Hopkins), o advogado e chefe de uma poderosa editora, com o objetivo de encontrar uma maneira de livrá-lo do tal acordo literalmente dos infernos.
 

Comentário: O Diabo veste Prada? Pode não usar marcas famosas, mas certamente usa saltos altos, meia-calça e figurino insinuantes, pelo menos esta é a bela visão do coisa-ruim criada por Alec Baldwin para esta comédia que teve uma produção problemática e foi lançada quase que de maneira invisível. O ator, além de produtor da fita, também é o diretor deste trabalho, mas fez questão que seu nome nesta última função fosse retirado dos créditos, assim foi escolhido o pseudônimo Harry Kirkpatrick para assinar esta bomba de potência média de gravidade.  Bem, se o próprio diretor fez questão de “abandonar seu filho”, as expectativas quanto ao longa O Julgamento do Diabo não podem ser das melhores. Refilmagem de um filme datado dos anos 40, The Devil and Daniel Webster, as filmagens foram iniciadas em 2001, mas durante anos o material ficou engavetado aguardando verba para ser finalizado, ou seja, até que uma produtora abraçasse o projeto que acabou sendo lançado seis anos após sua inicialização. E olha que não era nenhuma superprodução em gestação, simplesmente uma comediazinha meia-boca que cairia como uma luva como um despretensioso telefilme. A obra original, baseada na peça de Archibald Macleish, era um drama com elenco de peso e que chegou a conquistar algumas indicações ao Oscar, mas na refilmagem optaram por adaptar o enredo para a comédia, mas esqueceram que para tanto precisariam mexer em vários pontos do texto criado por Stephen Vincent Benet. Desta forma, a readaptação ficou em cima do muro quanto ao gênero predominante e o excesso de roteiristas para um projeto tão simples pode ter atrapalhado o andamento das coisas. Peter Dexter, Nancy Cassaro e Bill Condon, este o nome mais conhecido do trio, tentaram mostrar os dois lados da moeda da sorte. A introdução nos apresenta ao fracassado protagonista e seus percalços, mas evidencia que ele é uma pessoa do bem, somente irritado com tantas frustrações, incluindo o envolvimento na morte acidental de uma senhorinha. Ele seria a vítima perfeita para cair na lábia de uma capetinha e eis que ela surge rapidamente propondo um acordo tentador que é selado com beijos e algo mais. A partir de então, acompanhamos o lado positivo deste pacto, um tempo em que o escritor aproveitou intensamente, mas não tarda para que a parte negativa comece a agir. Sem dúvidas esta produção guarda o seu melhor para os minutos finais, quando é realizado um julgamento literalmente do outro mundo e com direito a presença de figuras ilustres da literatura já falecidas como Truman Capote, Oscar Wilde e Mario Puzo. O embate entre acusação e defesa colocam em xeque as razões e conseqüências que levaram Jabez Stone a fechar o acordo diabólico e já é de se esperar uma lição de moral que certamente servirá de alerta para alguns espectadores. Não é um trabalho memorável, mas de qualquer forma garante umas horinhas de distração e até cutuca de leve a cultura da imbecilidade. 

Comédia - 102 min - 2007 - Dê sua opinião abaixo.

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...