sábado, 5 de abril de 2014

ENTRE A VIDA E A MORTE (2008)

Nota 5,0 Condenado a morte ganha uma segunda chance, mas precisa esquecer seu passado 

Voltar no tempo para reparar os erros do passado. Ter uma segunda chance para colocar em prática o que se aprendeu com os equívocos ou ter a oportunidade de ter uma vida completamente diferente. Estes são temas corriqueiros no cinema e nos mais variados gêneros, tendo produções excelentes e outras que literalmente viajam na fantasia. Entre a Vida e a Morte tem sua dose de fantasia, mas constrói um clima bem realista para contar a história de Ben Garvey (Paul Walker), um rapaz que leva uma vida simples ao lado da esposa Lisa (Piper Perabo) e da pequena filha Katie (Brooklyn Proulx), esta que só conheceu quando já estava com três anos por estar preso devido a negócios ilegais, mas agora que sua liberdade condicional está chegando ao fim deseja viver dignamente. Para tanto, ele se dedica ao máximo ao trabalho que conseguiu, mas mesmo assim acaba sendo despedido quando os donos tem acesso a sua ficha de antecedentes criminais. Poucos dias antes ele havia recebido a visita de Ricky (Shaw Hatosy), seu irmão que também estava preso, porém, ele não se resignou e oferece a Ben a oportunidade de participar do roubo de uma quantidade considerável de ouro em pó pertencente a um laboratório. Inicialmente o jovem chefe de família recusa a proposta, mas quando se vê sem dinheiro volta atrás prometendo que este seria seu último passo em falso. Mesmo com tudo muito bem planejado, o assalto dá errado e resulta em três mortos e na captura de Ben que deixa de ser um ex-condenado para se tornar um réu sentenciado à execução, embora afirme não ter matado ninguém. Dois anos se passam e todos os recursos do condenado foram negados pela Justiça e assim ele é submetido a uma injeção letal, no entanto, estranhamente ganha uma segunda chance. Ben subitamente se vê em uma região campestre e afastada onde trabalha como caseiro de uma instituição para doentes mentais comandada pelo padre Ezra (Bob Gunton) que o alerta que sua vida antiga ficou para trás e que agora seu foco deve ser trilhar um novo caminho.


Sem entender muito bem o que está acontecendo, Ben acaba aceitando o conselho, mas com o passar do tempo alucinações e flashbacks de momentos que viveu com a esposa e a filha começam a perturbá-lo a tal ponto que o leva a investigar o que há por trás de tanta bondade de Ezra que sob pressão acaba revelando que o próprio rapaz matou a família e que ele também é um interno da clínica, sendo submetido a um tratamento alternativo, uma tentativa científica com o apoio religioso de fazer uma espécie de lavagem cerebral assim dando uma nova vida para o condenado se regenerar. Será que a história do assalto que levou Ben a condenação é real ou a verdade é que ele sofre de transtornos psicológicos que o fizeram esquecer o que fez? Contando aparentemente apenas com a ajuda da psicóloga Julie (Linda Cardelini), Ben quer provar que sua versão dos fatos é real, assim o personagem dá a oportunidade do precocemente falecido Walker mostrar que não servia apenas para filmes de ação, porém, o roteiro de John Patrick Glenn, também diretor da fita, não se aprofunda muito no drama do protagonista e tampouco traz grandes momentos de tensão, sendo que após a boa introdução é capaz do espectador perder o foco de atenção recuperando-o apenas na reta final, embora a conclusão seja previsível já que o grande tema é falar sobre a necessidade das pessoas terem a chance de reconhecer erros e corrigi-los. Baseado em um conto de Evan Astrowski, Entre a Vida e a Morte é um suspense razoável, não há justificativa aparente para seu lançamento direto em DVD tanto no Brasil quanto nos EUA, ainda mais por contar com uma estrela em ascensão como protagonista. Se pensarmos bem, o longa coloca em discussão o polêmico assunto da pena de morte de uma maneira de fácil entendimento para jovens e pessoas menos instruídas, além de reforçar a importância da família, caráter e da escolha de amizades.  Vale uma espiada sem grandes expectativas.

Suspense - 99 min - 2008 

-->
ENTRE A VIDA E MORTE (2008) - Deixe sua opinião ou expectativa sobre o filme
1 – 2 Ruim, uma perda de tempo
3 – 4 Regular, serve para passar o tempo
5 – 6 Bom, cumpre o que promete
7 – 8 Ótimo, tem mais pontos positivos que negativos
9 – 10 Excelente, praticamente perfeito do início ao fim
Votar
resultado parcial...

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...